NA MATINÊ DO CINEMA OLÍMPICO, COM O MANUAL

meulote21ago16

Daqui do Olímpio (Limpeza!) olhamos lá embaixo e vemos o Rio correr, com bola e sem bola, com vara e sem vara, com bolt e sem bolt… Mas olhamos sempre com a mão no Manual. Pra não deixar a peteca do badminton cair.

A cada batida mais forte do coração, um conselho:

“Um dos fatores psicológicos da sociedade de consumo em relação ao trabalhador, submetido a tarefas pelas quais ele normalmente se interessa pouco, é a oferta de uma válvula de escape representada pelas paixões nos espetáculos desportivos”, diz o Manual.

Veja mais

BOXE E FUTEBOL; DUAS METÁFORAS OLÍMPICAS

image001

Neste momento de intensa mobilização esportiva, alimentada, evidentemente, pelos interesses nem sempre justificáveis da Sociedade de Consumo, achamos que vale a pena pensar um pouco sobre duas modalidades desportivas que historicamente envolvem grandes contingentes de atletas pretos e mulatos. A primeira delas é o boxe, esporte de combate em que dois lutadores se esmurram, com luvas acolchoadas e sem dedos – embora as regras olímpicas sejam diferentes das convencionais.

Veja mais