GUARDIÕES DA DIGNIDADE AFRICANA

Foto: Rita Willaert – Flickr

Voltamos ao assunto, porque nunca é demais. E estão aí os boçais reacionários, cada vez mais tresloucados, para confirmar todas as coisas contra as quais lutamos.

O caso é que a escravidão é um ponto chave na História da África e dos afrodescendentes. Mas teimar em mostrar suas consequências nefastas é redundante e não é bom. Principalmente quando o foco recai sobre a colaboração de africanos de vários segmentos sociais, desde monarcas a simples transportadores, passando por mercadores enriquecidos com o tráfico humano.

Veja mais

MAIS UM DICIONÁRIO DE HISTÓRIA DA ÁFRICA

Com a chegada das provas de revisão do Dicionário de História da África: Séculos VII a XVI, de Nei Lopes e José Rivair Macedo, inicia-se a escrita de mais uma nova e auspiciosa página de nossa história pessoal.

Tudo começou em 1988, com a primeira edição do livro Bantos, malês e identidade negra, de Nei Lopes, mais tarde reeditado pela Autêntica Editora e agora sensivelmente afetado pela revisão de alguns conceitos. Continuou com a publicação pela Ed. Civilização Brasileira, em 2011, do Dicionário da Antiguidade Africana, ao qual, também com revisão e reinterpretação de alguns conteúdos, esta nova obra dá sequência.

Veja mais