75 ANOS: FESTA NO MEU INTERIOR

E assim encerramos as celebrações pelos nossos 75 anos, completados em maio de 2017. No peito, na raça e na valentia, sem nenhum apoio mercadológico, nem o do Mercadinho de Irajá, que há muito tempo foi pro espaço, tendo antes servido até como agência do BEG, no tempo do próspero (?) Estado da Guanabara. Veja mais

Já nas livrarias o NOVO ROMANCE DE NEI LOPES: O Preto que Falava Iídiche

O encontro de duas comunidades degredadas no Rio da primeira metade do século XX: negros e judeus. O mais ambicioso romance de Nei Lopes.

A partir do relacionamento apaixonado, fortuito e proibido do preto inteligentíssimo Nozinho, que falava até iídiche, com a bela e branca judia Rachel, o romance enlaça as vivências e memórias de suas origens com as de outro grupo historicamente marcado pelo racismo, o das comunidades judaicas. E o faz, como sempre, associando leveza e humor a reflexões profundas sobre arte, religiosidade e costumes. Da Praça Onze carioca ao East River nova-iorquino, passando pela Bahia, Porto Alegre e a distante Etiópia, o autor nos conduz por uma viagem fantástica. (Texto Editora Record) Veja mais