Já nas livrarias o NOVO ROMANCE DE NEI LOPES: O Preto que Falava Iídiche

O encontro de duas comunidades degredadas no Rio da primeira metade do século XX: negros e judeus. O mais ambicioso romance de Nei Lopes.

A partir do relacionamento apaixonado, fortuito e proibido do preto inteligentíssimo Nozinho, que falava até iídiche, com a bela e branca judia Rachel, o romance enlaça as vivências e memórias de suas origens com as de outro grupo historicamente marcado pelo racismo, o das comunidades judaicas. E o faz, como sempre, associando leveza e humor a reflexões profundas sobre arte, religiosidade e costumes. Da Praça Onze carioca ao East River nova-iorquino, passando pela Bahia, Porto Alegre e a distante Etiópia, o autor nos conduz por uma viagem fantástica. (Texto Editora Record) Veja mais