HISTÓRIA DA ÁFRICA NO MUSEU IMPERIAL


Lara Sayão Lobato, professora de Filosofia, pelo conhecimento, elegância e fineza, é nossa mais nova “amiga de infância”.

Lara Sayão Lobato e Nei Lopes

Nos conhecemos ano passado no Museu Imperial. E graças a ela, no sábado 5 de agosto, o “Dicionário da História da África”, minha parceria com o professor José Rivair Macedo, da UFRGS, entrou, pela porta da frente, com todo o respeito, no magnífico solar que abrigou a monarquia brasileira.

Foi um evento marcante em todos os aspectos. E sobre ele, a professora Lara nos enviou a seguinte mensagem:

“O evento foi lindo, lotou o espaço, muuuito mais que de costume! Pra um dia frio, chuvoso então!!! Sucesso total! Havia bem mais que 40 pessoas e vi que a maioria comprou o livro! Olha, costumo organizar palestras na Universidade e quando temos umas 20 pessoas, comemoramos! Nei, você atraiu muita gente, e só gente boa!! Lembra que tivemos um grupo que veio de Juiz de Fora só pra te ver?!!! Fiquei super feliz com o bate-papo, suave, singelo, doce e profundo… já encontrei algumas pessoas e todos têm me agradecido pela oportunidade!”

Obrigado, professora Lara! Agradeço também ao Diretor do Museu, professor Maurício Vicente, desejando seu pronto restabelecimento da enfermidade que o impediu de comparecer e a toda a sua prestimosa Equipe. A Causa Afro-Brasileira agradece comigo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *