O GENOCÍDIO DO NEGRO BRASILEIRO


A Editora Perspectiva, em parceria com o Itaú Cultural e o Ipeafro, reeditou o clássico texto publicado em 1978.

O livro conta a perseguição que Abdias sofreu do regime militar, quando o Itamaraty tentou silenciá-lo em Lagos, Nigéria, no 2º FESMAN / FESTAC ’77.

O governo brasileiro conseguiu vetar o nome dele e foi desfeito o convite para ser palestrante.

A Universidade de Ife, onde Abdias lecionava como professor visitante, publicou seu trabalho em mimeógrafo.

Abdias se inscreveu como observador e o distribuiu pessoalmente aos delegados.

Teve o apoio de intelectuais africanos e da diáspora e fez sua denúncia do racismo brasileiro.

A imprensa nigeriana publicou o texto, o mesmo que relançamos agora.

Itaú Cultural
03 de dezembro às 17h
Espaço expositivo da Ocupação Abdias Nascimento
Av. Paulista, 149 – Bela Vista, São Paulo – SP, 01311-000

No mesmo dia, leitura dramática da peça “Rapsódia Negra”, de Abdias, pela Cia. Capulanas de Arte Negra!!

Programação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *