VALONGO, PATRIMÔNIO DA HUMANIDADE


O cais do Valongo é um importante sítio histórico na cidade do Rio de Janeiro. Lá funcionaram os armazéns de compra e venda de escravos, depois que essa atividade foi transferida da Rua Direita, atual Primeiro de Março, no fim do século XVIII.

A escolha do local, à beira-mar e dotado de cais próprio, obedeceu a razões estéticas e sanitárias, em virtude do aspecto deprimente e pouco higiênico que o nefando comércio causava ao centro da cidade.

O sítio, por onde ainda em 2002 se estendia um logradouro chamado Escadaria do Valongo, correspondia a parte da atual Rua Sacadura Cabral, nas proximidades do início da Rua Camerino.

Hoje é um monumento integrado à área revitalizada do “Porto Maravilha” para o qual a militância pelos direitos da comunidade negra reivindica o reconhecimento como “Patrimônio da Humanidade”.

O Lote está na campanha.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *