“DEU BRIGA NO SAMBA”

Amigos do Lote, vejam e apreciem como o SAMBA é amplo e vasto.

O trompertista é Bidinho, um dos craques do nosso time de mulatos espertos, nascido em Ribeirão Preto em 1944.

**

Abaixo, vejam uma foto de Bidinho tocando com o grande Moacir Santos, no Free Jazz Festival, criado pelo inesquecível amigo Paulinho Albuquerque, em 1985, há 30 anos.

Flagrante da primeira noite do festival. Moacir Santos com seu sax barítono, Zé Nogueira, José Carlos Bigorna e Bidinho…E a banda ainda tinha Luisão Maia no baixo, Wilson das Neves na bateria, Frank Zottoli no piano, Rique Pantoja nos teclados , Café e Marçalzinho na percussão.

Flagrante da primeira noite do festival. Moacir Santos com seu sax barítono, Zé Nogueira, José Carlos Bigorna e Bidinho…E a banda ainda tinha
Luisão Maia no baixo, Wilson das Neves na bateria, Frank Zottoli no piano, Rique Pantoja nos teclados , Café e Marçalzinho na percussão.

 

Uma ideia sobre ““DEU BRIGA NO SAMBA”

  1. Deu briga no samba, mas dá pra perceber que o jazz e o samba sempre se deram bem…É paz e amor, é jazz e humor….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *